terça-feira, 8 de junho de 2010

Metodologia de Aprendizagem na Cozinha - Croissant de Nutella


Quem aí não gosta de Croissant? Ou de Nutella? Não conheço... Nunca imaginei que pudesse fazê-los eu mesma - todo o processo, inclusive a massa. Tudo começou quando durante o jogo da seleção brasileira de volei quando a @tchibi falou do prato búlgaro Bureka. Nunca tinha ouvido falar, muito menos experimentado, claro! Mas minhas lombrigas começaram a gritar BUREKA! BUREKA!, então eu resolvi pesquisar como se faz. Fiz as tais burekas seguindo várias dicas de vários foodie blogs legais. Basicamente, segui os passos da @thecookieshop (The Cookie Shop - essa receita) e da @anaelisagg (La Cucinetta - essa receita) para massa folhada e fiz um Frankeinstein das duas técnicas.
Ficou tão bom, tão bom, que decidi ir para o módulo avançado utilizando a mais básica técnica de aprendizagem que existe: TENTATIVA E... ERRO! Segui os passos desse vídeo do Chef  Fabrice, da Blé Sucré, meu sonho de consumo de padaria. Não digo que foi um #fail total, porque ficaram até muito bonitos, mas não exatamente o sabor estava de acordo com os croissants que a gente conhece.



Meu erro, muito provavelmente, deve ter sido com relação às quantidades de farinha e fermento, porque eu não consegui descobrir a quantidade de farinha... Também não sei explicar porque o recheio vazou. Eu coloquei o recheio do tamanho de uma noz de avelã. Minha Guru para assuntos culinários, a Paula (@thecookieshop), disse que nunca fez croissants antes, mas indicou que eu buscasse alguma receita da Martha Stewart, como essa aqui.




A experiência foi bastante proveitosa... Recomendo coragem e entusiasmo para arriscar. Acertar fazer isso logo na primeira vez sem ter seguido os passos adequados pode causar frustrações, mas como professora, digo que tentativa e erro é a melhor forma de aprender!

4 comentários:

  1. Olha, pode não ter ficado com a mesma textura de um croissant, mas que ficou com a mesma cara ficou!
    Ta lindo, e deveriam estar gostosos!

    Hummmmmm.....

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Dri, eu achei maravilhosos seus croissants,juro!! Coisa de profissa mesmo :-) Eu ainda não tive coragem. Um bj,

    ResponderExcluir
  3. Obrigada, Mestra!

    Dafne, a textura e a aparência ficaram idênticas... Foi mesmo algo no sabor é que ficou devendo.

    Lu, veja o vídeo e faça. Não é nada de profissional. O problema é que não se acha a massa pronta pra comprar porque ela leva fermento. Se fosse a folhada, dava pra fazer até com pé nas costas, usando aquela massa congelada arosa. Quando eu acertar a massa, eu vou pretendo postar um PAP...

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails

Minestrone de Couve Copyright © 2009 Designed by Ipietoon Blogger Template for Bie Blogger Template Vector by DaPino